Make your own free website on Tripod.com
Maranews
Vírus infecta PCs em tempo recorde, saiba como se livrar da praga!!

Home

Quem sou eu
Coffeeshop
Flash
Vai rolar
Foco
Rádios e TV ao vivo
Cursos gratuitos on line
Links interessantes
Sites de buscas
Tradutor e conversor de moedas
Classificados
Entre em contato
Livro de visitas

 

21/08/2003 13h18

Vírus infecta PCs em tempo recorde, saiba como se livrar da praga

O vírus SoBig.F, que foi detectado pela primeira vez nesta segunda-feira, está infectando computadores com uma velocidade recorde, segundo o MessageLabs, empresa especializada em filtrar e-mails.

Segundo a empresa foram interceptadas mais de 1 milhão de cópias do SoBig.F em 24 horas. Em um certo momento, um em cada 17 e-mails verificados tinha o vírus. "Esse é um número que nunca foi visto antes", disse à BBC Brasil Brian Czarny, porta-voz da empresa.

Só para comparar, o único outro vírus que chegou perto desse número foi o LoveLetter, ou Vírus do Amor, que chegou a infectar 1 em cada 28 e-mails no ano 2000.

O vírus infecta máquinas com Windows 95, 98, Me, NT, 2000 e XP. Ele tenta enganar as pessoas ao se apresentar com nomes apelativos no campo "Assunto" do e-mail, como 'Re: details' (resposta a informações dadas pela internet) ou 'Re: your application' (resposta a uma inscrição via web).

Os e-mails que trazem o vírus chegam com um arquivo anexo com qualquer um dos seguintes nomes:
your_document.pif
document_all.pif
thank_you.pif
your_details.pif
details.pif
document_9446.pif
application.pif
wicked_scr.scr
movie0045.pif

Ao ser executado, o vírus inicia vários processos na máquina de forma a garantir sua propagação via e-mail a todos os endereços que constem de arquivos .dbx, .hlp, .mht, .wab, .html, .htm, .txt, .eml. Além de buscar novas vítimas por meio de listas de endereços do programa Outlook, o SoBig.F tenta instalar um programa que torna os computadores infectados retransmissores de mensagens enviadas pelo criador do vírus.

Mesmo quem não abre o arquivo anexo do e-mail enfrenta problemas. O vírus se replica com tanta velocidade que sobrecarrega as caixas postais e afeta o tráfego na Internet.

maranews@pop.com.br