Make your own free website on Tripod.com
Maranews
Entrevista
Home
Quem sou eu
Rádios e TV ao vivo
Cursos gratuitos on line
Links interessantes
Sites de buscas
Tradutor e conversor de moedas
Previsão do Tempo
Receitas
Esculturas com frutas
Livraria Virtual
Formulário de Isento da Receita Federal
Livro de Visitas
Classificados
Entrevistas
Pela Net
Vai Rolar
Já Rolou
Perfume de mulher
Turistando
Moldura
Pitaco

Entrevista com Sara Bernardo, atriz brasileira que está fazendo sucesso em comerciais da TV holandesa

sara8.jpg
Made In Brazil

O sonho de muitos brasileiros de chegar na Holanda e já de cara entrar no mercado de trabalho, fazendo profissionalmente o que se fazia no Brasil, foi realizado por Sara Bernardo Aires, 22, pisciana, cearense, carioca desde os 5. A atriz do Tablado carioca, pequena para ser modelo no Brasil, medindo 1, 65 com os seus dotes físicos e fotogenia, atraiu convites como modelo na Holanda. O peso é revelado somente nas medidas 36, calçados 37, soutien 75A, cabelos e olhos castanhos . Exatamente a marca registrada na morenice brasileira. A cantora Maria Rita, encarnação da mãe Elis Regina, na canção Pagu, de Rita Lee, diz: Nem Toda Feiticeira é Corcunda, Nem Toda Brasileira é Bunda ....Meu Peito Não É de Silicone. Sou mais macho que muito home -E está aí Sara Bernardo para mostrar que chegou, enfeitiçando o público, com a firmeza de nordestina e o charme carioca, prometendo mostrar as garras da mulher brasileira, quem sabe, tornando- se um mito. Nesta entrevista concedida à jornalista Mara Parrela, ela fala sobre seu trabalho no Brasil e o seu futuro na Holanda.

Site Brasileirosnaholanda.com - O que você já fez profissionalmente no Brasil ?
Sara Bernardo - Trabalhei durante dois anos com a Companhia de Cultura fazendo espetáculos como Copacabana I LOVE YOU, uma deliciosa comedia Musical. A Burundanga e a Companhia Artshow, com o Castelo de Sonhos, musicais infantis . Também fiz comerciais para TV e participações como entrevistadora no Programa CÂMERA 9 da CNT, Debate Papo NET 5, e Vascão 2000 na CNT. Participei de algumas pegadinhas e vários eventos em shoppings centers.
Comecei a fazer OTablado com 14 anos de idade e quando terminei o segundo grau fiz cursos de aprimoramento interpretativo, expressão corporal e facial, danças brasileiras, de interpretação para tv, cinema e vídeo. Pretendia começar o ano cursando a faculdade de teatro,quando decidi mudar-me para a Holanda em dezembro de 2002.
Brhol - Porque você veio para Holanda ?
Sara Bernardo - Por amor. Eu estive na Holanda em férias com alguns amigos e conheci o amor da minha vida . Nos apaixonamos e depois de um ano resolvemos morar juntos.

ned1.jpg
Sara durante o comercial da TV Nederland 1
Brhol- O que você já fez na Holanda profissionalmente?
Sara Bernardo -
Fiz um clip para a TV Nederland 1que ficará no ar durante toda o outono e inverno. São vários clips alternados. Quem quiser conferir eu ando entre os trigais. Passa sempre entre os programas e os comerciais .
Meu segundo e mais excitante trabalho foi um comercial para o Rolling Stones 40 Licks para o Best Buy nos Estados Unidos.
Foi uma experiência maravilhosa. Nós filmamos nos shows aqui na Holanda.. Eu nunca tinha ido a um show dos Rolling Stones ainda mais de graça e na área vip. Nem acreditei . Ficava todo o tempo me beliscando pra ver se não era um sonho.Filmamos durante três dias. Uma no Ahoy em Rotterdam, outro dia em Utrecht e por último em Amsterdam Arena. Recebi de presente das mãos de Keith Richards a palheta de sua guitarra e por sorte, depois consegui também a de John Wood. Tenho as duas guardadas de recordação. Minha terceira experiencia foi um comercial da Vodafone.

Brhol- Qual é a diferença entre o trabalho na Holanda e no Brasil ?
Sara Bernardo- Aqui na Holanda você é tratado como um produto e no Brasil você é tratado com um Profissional, um ator presente. Outra coisa que acontece é a incerteza se você agradou ou não. Eu só fiquei sabendo que gostaram do meu trabalho dias depois quando liguei para agência. No Brasil a gente fica sabendo no ato se foi bom ou não.Em termos de produção todo lugar é a mesma bagunça, arranjado na última hora. Na verdade não tenho do que reclamar pois fui muito bem tratada em todos eles.

Brhol-Como foi a sua entrada no mercado da Holanda?
Sara Bernardo - Fui aceita em algumas agências muito legais,o que foi uma surpresa para mim pois ainda não domino o holandês e pensei que isso seria um obstáculo.Mais não. Mandei as minhas fotos e cv e fui prontamente chamada para participar do teste do clip da Nederland1. O que graças a Deus passei .Prá mim foi uma grande bênção alcançada pois quando cheguei lá com meus 1.65 percebi na hora que era a menor de todas as atrizes também convidadas a participarem do teste, pensei comigo mesma:Vai para casa anã,você não tem nem uma chance aqui, mais fiquei lá firme e forte, com a cara e a coragem.Não desisti.Também fui aceita numa agência de modelos o que me surpreendeu pois não sou alta, não tenho aquele rosto perfeito que tem as modelos e por último não sou magérrima como elas. Algumas das agências são: Hollands Glorie,Dutch Casting ( www.dutchcasting.nl ) e outras
Mas se for para o meu benefício que eles continuem com essa cegueira.
Brhol- Como é o seu dia-a-dia na Holanda?
Sara Bernardo - No momento estou me dedicando ao estudo do holandês pois quero tentar o mais rápido possível retomar meus estudos de teatro. Nas horas vagas vou para a academia, ao cinema, adoro filmes de todos os estilos.Também adoro lojas. Quando vejo uma fico doida. Entro, provo tudo e sempre saio de lá com pelo menos uma sacolinha. Êta consumismoGosto de ir a museus, dançar , ir ao teatro enfim adoro estar em movimento.Gosto muito de viajar e conhecer novas cidades, abrir novos horizontes. De vez em quando arrumamos a mala, pegamos o carro e decidimos no meio do caminho para onde vamos. É muito legal!Passo também muito tempo com a família. Nos reunimos pelo menos uma vez por semana, faz com que aqueça o frio da saudade que sinto da minha mãe, dos meus irmãozinhos (tenho dois, uma irmã e um irmão do segundo casamento de minha mãe,chamam-se Raabe e Caio e são a luz da minha vida, nossa relação é maravilhosa). E sinto saudades da Tête que nos ajuda em minha casa desde que eu era pequena.
Brhol - É tudo lindo maravilhoso?
Sara Bernardo - Sinto muita falta dos meus amigos no Brasil ,pois aquí ainda não tenho muitos. Com certeza a minha maior dificuldade é o idioma, ô linguinha difícil! Só não fica pior porquê eu me viro no inglês, mas eu sou persistente e vou conseguir aprender. A cultura também é muito diferente. Nós brasileiros somos pessoas mais acolhedoras e aqui as pessoas são mais distantes, frias .Mas cada um com seu cada um. O que realmente me incomoda é o frio e a escuridão .No primeiro inverno que se passa aqui ,legal, é tudo novo.Tá nevando?Ai que legal vou sair para ver. Tá frio, vou aproveitar para estrear aquele casaco novo.Mas depoiscomeçou a esfriar vai subindo aquele frio na espinha que parece até que você tá pegando santo.Tua pele fica que nem papel crepom de tão ressecada.Pode ter certeza você desencantou. A comida tem gosto de nada.Mais eu estou começando a gostar daqui e com paciência vou me acostumando às mudanças.
A benção mais pedida a Deus em suas orações passa a ser um dia de sol.
Brhol - Qual a sua perspectiva agora ?
Sara Bernardo - Minha meta é aprender a língua com perfeição .Sei que não é fácil mas pretendo continuar minha carreira não só de televisão mais também teatro. Quero trabalhar com peças infantis comédias e para isso estou começando a me dedicar a uma pesquisa a que tipo de humor interessa o público holandês.Pretendo cursar a Amsterdamse Hogeschool voor de Kunsten. Tenho que me preparar pois os testes são muito rigorosos.Quero conhecer pessoas de muitas nacionalidades, em minha área, para estar sempre aprendendo e e trocando experiências. Espero que as agências continuem gostando do meu trabalho e me chamando para mais testes. Eu acredito que o que tiver que ser meu virá em seu tempo.
Brhol - É possivel aliar trabalho e família na Europa sem uma mãozinha?
Sara Bernardo - Aqui é cada um por si e Deus por todos. No nosso país sempre tem alguém que ajuda,é o vizinho, o primo, a avó etc...Devo confessar que até hoje fico atrapalhada e olha que eu não tenho filhos. Quando tenho que trabalhar, minha casa fica irreconhecível de tão bagunçada. As filmagens levam horas e nestes dias so consigo me dedicar a isso .Admiro muito as pessoas que conseguem driblar tudo e ainda ter um tempinho para dar um cafuné no marido um beijinho nas crianças,enfim pessoas como minha mãe.
Brhol - Qual a diferença entre a moda brasileira e a européia ?
Sara Bernardo - A moda brasileira é uma moda jovial, eclética,alegre que tem um toque de sensualidade sem esquecer da elegância.Já a européia tende a ser elegante por natureza, pois como são países de clima frio no inverno e as vezes também no verão, faz com que as pessoas planejem melhor o que vão vestir. Mas isso não vale para todos os países europeus. Em alguns prevalece a moda esportiva e isso definitivamente não faz minha cabeça. Em homens em certas ocasiões cai bem ,mas faz com que a mulher que exagera na dose, perder um pouco sua feminilidade. Eu particularmente gosto muito da moda italiana que sabe combinar estilo e bom gosto.

sara20.jpg
Perfil

Sonho de consumo
- Uma casa de três andares nas Ilhas Maldivas.

Marcas que usa Gosto muito das calças Versace, pois vestem bem, de Dolce & Gabbana e para o dia a dia Morgan, Mango e DKNY.
Comida - Hot Philadélfia com molho teriake e é claro um bom feijão com arroz e batata frita.
Dieta- Não faço,quando vejo que estou ficando mais cheinha,diminuo as quantidades.
Esportes - Adoro ir à academia, também gosto muito de nadar mais nao sou muito habilidosa prá esportes. Aqui nesse frio nem penso em uma piscina.
Viagem - A primeira vez que fui a Paris foi realmente inesquecível.Planejo visitar a Tailândia e a Nova Zelândia e tenho expectativas que serão também lugares que não sairão da minha memória.
Lugar no Brasil - Pergunta difícil,porque é lindo de ponta a ponta.Mais sem dúvida Rio de Janeiro, Fernando de Noronha e Bahia
Livro - O mundo de Sofia.
Disco - 1492 Conquest Of Paradise de Vangelis e Tribalistas.
Religião - Não tenho .Acredito que Deus está em todo lugar,e é nele que eu tenho fé.
Perfume - Jean Paul Gautier e Addict -Dior
Uma frase ou pensamento -
"Nada é tão importante, portanto seja leve e siga a sua vida de acordo com o sopro do vento"
Aprendi que é importante lutar pelo que se deseja mais se não acontecer, não será o fim, pois a vida é cheia de oportunidades.
Viva e deixe a vida acontecer.