Make your own free website on Tripod.com
Maranews
Prêmio
Home
Quem sou eu
Rádios e TV ao vivo
Cursos gratuitos on line
Links interessantes
Sites de buscas
Tradutor e conversor de moedas
Previsão do Tempo
Receitas
Esculturas com frutas
Livraria Virtual
Formulário de Isento da Receita Federal
Livro de Visitas
Classificados
Entrevistas
Pela Net
Vai Rolar
Já Rolou
Perfume de mulher
Turistando
Moldura
Pitaco
Brasileira recebe prêmio internacional

Fani Lerner, ex-secretária estadual da Criança e Assuntos da Família do Paraná, recebeu o Prêmio Kellogg's para o Desenvolvimento da Criança oferecido pela organização americana World of Children, em parceria com a instituição Hannah Neil. Este é considerado o principal prêmio mundial na área de defesa dos direitos das crianças.

A ex-secretária estadual concorreu com 140 candidatos de diversos países e ficou entre os três homenageados de 2003. A cerimônia de premiação, aconteceu no dia 20 de novembro, na cidade de Colombus (EUA), onde fica a sede da World For Children. A esposa do ex-governador paranaense implementou 16 programas para crianças e adolescentes carentes, nas áreas de educação, alimentos e moradia. Dentre eles destaca-se o Provopar, um programa de voluntários para adotar uma criança de rua para a escola.

Este prêmio equivale ao Nobel. É a melhor forma de reconhecimento ao esforço feito nesta área", disse David W. Lippy, presidente do World For Children. A organização tem como missão inspirar iniciativas em nome das crianças, levantadas as principais questões e problemas que afligem o mundo infantil e reconhecer os indivíduos que trabalham para melhorar a condição de vida das crianças. Desde 1998, a organização já reconheceu o trabalho de 37 pessoas de 18 países, somando prêmios de $ 800 mil dólares - verba reinvestida na ajuda de menores.

Além da brasileira, sete pessoas receberam o prêmio, incluindo o indiano Mahendra Metha que há mais de 20 anos utilizou o dinheiro do próprio fundo familiar para iniciar o "Ratna Nidhi Charitable Trust". O fundo ajudou 20 milhões de crianças da Índia, Afeganistão, Iuguslávia e Quênia de diversas formas, principalmente na área médica, incluindo cirurgias de pólio e próstatas para amputados, e na área educacional. O menino canadense Ryan Hreljac, de apenas 12 anos, também foi homenageado ele criou o Ryan's Well Foundation, que até hoje já construiu 70 poços que fornecem água potável para sete países africanos, beneficiando 100 mil pessoas.

Clique aqui para saber mais.

maranews@pop.com.br